Galerias Romanas de Lisboa voltam a abrir em setembro

As galerias são muito antigas, datam do início do século I d.C., e os historiadores divergem quanto à sua origem e função inicial. Conforme lemos no site do Museu de Lisboa, “com um nível de água superior a um metro de altura, proveniente de lençóis freáticos que correm por baixo de Lisboa, é necessária uma complexa operação de bombeamento para possibilitar as visitas ao interior deste monumento romano, que, por razões de preservação e segurança, se realizam normalmente duas vezes por ano”.

Por estarem abertas apenas duas vezes por ano, conseguir um bilhete é uma tarefa árdua. Nos dias 27, 28 e 29 de setembro as galerias romanas estarão abertas ao público e com visitas guiadas.

O Museu de Lisboa fará os percursos com os participantes por estas galerias descobertas depois do terremoto de 1755, e avisa que quem quiser conhecer o local deve fazer sua inscrição na página oficial do Facebook, num link que será disponibilizado a partir do dia 16 de setembro. Coloque um lembrete e tente fazer sua reserva tão logo esteja disponível.

Conforme já dissemos aqui, a autarquia quer colocar as Galerias Romanas da Rua da Prata acessíveis ao público durante todo o ano e de forma permanente. Para isso está a ser construído um centro de interpretação, que a Câmara Municipal de Lisboa espera ter finalizado no final de 2020.


DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui